Túnel do Tempo (2008) – Incêndio na cadeia deixa três feridos

Túnel do Tempo (2008) – Incêndio na cadeia deixa três feridos

Túnel do Tempo (2008)

Incêndio na cadeia deixa três feridos

Um incêndio na cadeia ‘Juca do Aníbal’ deixou três detentos feridos na tarde da última sexta-feira. Eles sofreram queimaduras por todo o corpo. De acordo com a Polícia Militar, dois menores (de 14 e 15 anos) estavam em uma cela juntamente com outro detento, de 18 anos, quando um colchão começou a pegar fogo. As três vítimas foram levadas para a Santa Casa de Arcos onde receberam os primeiros atendimentos médicos.

Do lado de fora do hospital, a Polícia teve que conter a presença de pessoas que chegavam querendo saber informações. As mães dos detentos foram chamadas e acompanharam com desespero os primeiros socorros. Por volta de 15h30, as vítimas do incêndio tiveram que ser transferidas para o Hospital João XVIII em Belo Horizonte. A transferência foi um momento tenso para os familiares dos presos. Uma fila de ambulâncias e viaturas policiais esperavam a saída deles da Santa Casa.

O Conselho Tutelar foi chamado para acompanhar o caso. De acordo com a presidente, Márcia dos Reis Franco, o órgão sabia que os menores estavam apreendidos na cadeia pública, mas desconhecia o fato de um preso maior de idade estar na mesma cela que os adolescentes. A perícia técnica de Formiga compareceu na cadeia horas depois do ocorrido e deve emitir um laudo nas próximas semanas.         

A polícia, com o acompanhamento do Ministério Público, deve investigar os motivos do incêndio. Uma das suspeitas, de acordo com a Polícia Militar, é que um dos detentos  teria pedido a um policial para trocar de cela. Quando o militar teria ido verificar a possibilidade, o fogo foi iniciado. A retirada das vítimas foi feita por profissionais da Fundação Municipal de Saúde. 

As vítimas foram transferidas para o hospital de Divinópolis

Curiosidades Destaque Ocorrências Policiais Túnel do Tempo