Vacinação e Carreta Oftalmológica

Vacinação e Carreta Oftalmológica

Vacinação e Carreta Oftalmológica

Duas ações na área da saúde municipal merecem destaque: a Carreta Oftalmológica e a Vacinação contra a gripe Influenza e o Sarampo. A Carreta Oftalmológica apresentou bons resultados, enquanto que a vacinação contra a Gripe Influenza e contra o Sarampo apresentam números muito distantes das
metas a serem atingidas pelo município.


Carreta de Atendimento Oftalmológico


Na semana passada, Arcos recebeu a Carreta de Atendimento Oftalmológico (programa Luz para a
Vida) – uma das ações promovidas pela Instituição de Cooperação Intermunicipal do Médio Paraopeba
(ICISMEP) em Parceria com a Prefeitura de Arcos. Foi instalada na Praça da Matriz e funcionou durante
todos os dias, de 02 a 06 de maio, prestando atendimento oftalmológico à população arcoense, com consultas e exames. O investimento do Executivo Municipal foi de R$ 67.583,80.


A Carreta foi adaptada para operar uma unidade móvel de atendimento, com equipamentos de ponta para a realização de consultas clínicas e exames oftalmológicos, como os de autorrefração, refração, mapeamento de retina e curva de pressão ocular. Realizou 595 consultas, com a distribuição de 420 óculos. Foram 95 consultas além dos 500 atendimentos previstos pela Prefeitura de Arcos. Adalgisa Borges, titular da pasta da Saúde da Prefeitura, relata: “além desses números, há pacientes que foram encaminhados para procedimentos cirúrgicos e já estão aguardando pelo agendamento”. A secretária
Adalgisa da Saúde destacou ainda, o caso da adolescente que estava com um quadro grave de descolamento de retina e teve que ser transferida, em caráter de urgência, para Belo Horizonte. “Ela já realizou a cirurgia” – comemorou. Segundo o site da Prefeitura Municipal na unidade móvel, trabalham um coordenador, uma auxiliar, um médico e dois profissionais que confeccionam os óculos.


A Secretaria informa que, de 23 a 27 deste mês, a Carreta Oftalmológica estará de volta a Arcos e que os
primeiros a serem atendidos são aqueles que já estão cadastrados na lista de espera. Mas, afirmou: “Temos uma lista de pessoas que fizeram o cadastro na primeira vinda da Carreta. Vamos atender essas pessoas inicialmente. Se ainda tivermos vaga, vamos abrir novo cadastro”.

Vacinação abaixo da meta

Campanha nacional de vacinação contra gripe em 2015 (Elza Fiúza/Agência Brasil)

No dia 04 de abril, iniciou-se a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza e contra o Sarampo, promovida pelo Governo Federal, através do Ministério da Saúde. No município ela está sendo desenvolvida em todos os Postos de Saúde da Família de Arcos.

No dia 02 de maio, a campanha entrou em sua segunda fase. Até aqui os números estão abaixo das metas previstas. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, o município tem como meta vacinar contra a Influenza 13.726 pessoas. Mas, desde o início de abril até agora, somente 5.315 doses foram aplicadas. Isso representa somente 38,72% de cobertura vacinal.


Para a vacinação contra o Sarampo, os resultados também estão longe de esperado. A meta para o município é vacinar 3.218 pessoas, incluindo crianças de seis meses a menores de cinco anos e trabalhadores da área de saúde. Somente 1.127 pessoas foram vacinadas desde o início da campanha: são 35,02% da meta prevista.


A secretária Adalgisa Borges comenta esses tímidos resultados: “Infelizmente temos um cenário não só no município, mas em todo o pais de baixa adesão à vacinação. Neste momento as Unidades de Saúde
estão realizando busca ativa dos faltosos para tentar melhorar os indicadores”. A busca ativa trata-se de
uma visitação aos domicílios por parte das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) ou também conhecidos por
PSF (Programa Saúde da Família), a secretária Adalgisa explica: “A equipe da UBS, principalmente, os Agentes Comunitários de Saúde (ACSs), ao detectar a ausência no dia previsto, entra em contato com os usuários, através de visitas domiciliares, lembretes e reuniões”.


A campanha está em andamento e o prazo vai até três de junho. Com menos de um mês para a conclusão da vacinação, a secretária Adalgisa lembra: “é importante ressaltar que as vacinas estão disponíveis em todas as Unidades”.

Arcos e Região Destaque Saúde