Principais fatos esportivos do primeiro semestre de 2019

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso em 21/12/2019) – Edição 2033

Marlon Santos

 

Fevereiro – Associação conquista campeonato municipal/2018 da categoria titular, e que terminou em 2019

O Ypiranga entrou  em campo precisando vencer o Associação por dois gols de diferença, para conquistar o título. Na primeira etapa, o Ypiranga foi avassalador, e antes mesmo da metade do primeiro tempo havia marcado dois gols por intermédio de Peterson e Mateus; parecia que iria alcançar seu objetivo com certa facilidade. Mas no segundo tempo, eis que o Associação mudou sua postura dentro de campo, e o atacante Paraíba conseguiu marcar o importante gol que deu o título para os ‘índios’: um gol que saiu após um rebote do ótimo goleiro Tiago Belarma, e que caiu justamente no poder o ágil Paraíba. Depois desse gol, o Associação segurou o ímpeto dos ‘azuis’ e o tempo foi passando. Com isso, o árbitro Luciano Nascimento encerrou o jogo. Com o resultado desfavorável, o Associação, mesmo assim, conquistou o título, pois havia vencido o primeiro confronto por 3 a 1. O último troféu dos alvinegros tratando-se de campeonato municipal foi em 2010.

 

Ypiranga conquista o bicampeonato municipal da categoria aspirante 2018, e que também terminou em 2019

O Ypiranga empatou em 3 a 3 com o Bela Vista e repetiu o placar da primeira partida das finais. Com esse resultado o Ypiranga conquistou o bicampeonato da categoria aspirante. Os gols do título ypiranguista foram marcados pelos atletas  Fabrício, Bruninho e Aécio. Para o Bela Vista, marcaram os jogadores Igor (2) e Elton.

 

Abril – Novos tempos no futebol de campo de Arcos

Quem organizava os torneios era a Liga Arcoense de Desportos , mas quem realmente investia o dinheiro para os campeonatos era a administração municipal. Desde o final do campeonato municipal de 2018, que só terminou em 2019, os presidentes estavam interessados em conversar com o secretário Sérgio Luiz Garibaldi, que é o responsável pela secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo (SEMCELT) e, assim, transferir a organização dos próximos campeonatos para a Semcelt. Tudo foi  tornando-se realidade desde o dia 11 de março, quando os próprios dirigentes se reuniram e começaram a estudar a melhor fórmula a ser adotada.  Quando chegaram a conversar com o secretário para apresentar um cronograma esportivo, tudo estava praticamente confirmado, e faltavam apenas alguns detalhes técnicos para concluir. Na segunda-feira (22/04) , aconteceu a reunião definitiva para concluir como será o futuro do futebol arcoense, e agora temos algumas definições importantes e finalmente a bola deve rolar.

 

Maio – Copa Arcos Integração de Basquete mostra jogos de alto nível

No dia 18 de maio aconteceu a grande final da Copa Arcos Integração de Basquete e os arcoenses mostraram seu talento dentro de quadra. Esse torneio se tornou um dos mais tradicionais de Arcos e região, e neste ano chegou à sua sexta edição, mostrando que realmente o basquete continua empolgando a nossa cidade. A Copa Arcos de Integração contou com o apoio incondicional da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo (SEMCELT) e da professora de esporte especializado Wainny Gonçalves Pereira. Foram seis equipes que estiveram presentes no torneio disputando de forma ímpar: Hunters, Endo/kaú Seguros, Monstar, Big Truck, Isa Tour e Snipers. Essas agremiações de basquete contaram com atletas de Arcos, Formiga, Lagoa da Prata e Campo Belo.  A grande campeã foi a equipe do Hunters, que foi liderada pelo atleta Dione Alves. Em segundo lugar, a equipe do Monstar, que teve como grande líder Juliana Santos, e na terceira colocação ficou a Isa Tour, que foi liderada pelos atletas Tiago e Álvaro Martins. A equipe de arbitragem foi formada por Herivaldo Raquel, Vander Martins, Mateus Lima e Hudmila Pereira, e rendeu elogios.

 

Junho – São Sebastião conquista o Regional 40+

O São Sebastião conquistou o campeonato mostrando que tinha uma boa equipe e empatou no jogo de estreia com o Associação, de Arcos, em um a um. No segundo jogo, um novo empate em dois a dois contra o Maringá, de Formiga. Para encerrar a fase de classificação, São Sebastião tinha como adversário o Talismã, de Santo Antônio do Monte, mas a equipe de Santo Antônio do Monte não compareceu e o representante de Pains ganhou os pontos. Na semifinal, eis que o São Sebastião venceu fácil a equipe do Associação de Bom Despacho, por 2 a 0. Na grande final, o São Sebastião derrotou o Associação de Arcos na cobrança de penalidades. O São Sebastião marcou seis gols e sofreu outros quatro gols durante o campeonato.

 

Vila é bicampeão regional sub-23

Se tem um jogador que podemos afirmar que foi decisivo na conquista do bicampeonato regional sub-23, foi o atacante Gugu. No primeiro jogo entre o Vila e o Lagoa, que foi realizado em Arcos, o Lagoa saiu na frente ainda na etapa inicial, mas o atacante Gugu empatou o jogo no segundo tempo. Depois a decisão ficou para o segundo confronto que aconteceu no estádio municipal de Lagoa da Prata. O Lagoa estava invicto e tinha o favoritismo a seu favor. Mas o atacante Gugu novamente foi o algoz do representante de Lagoa da Prata, e ainda no primeiro tempo marcou o gol que deu o título de bicampeão regional sub-23 para o Vila.

O Vila Esporte Clube nos últimos dois anos tem sido o grande destaque do futebol arcoense e está confirmando que a aposta em jovens atletas pode render frutos. O ‘verdão’ disputou no ano de 2018 o campeonato regional sub-23, Copa Arcos e Seletiva. Em todas as competições em que o Vila esteve presente, conquistou todos os troféus e foi o maior detentor de títulos do futebol arcoense em 2018. No ano de 219, o Vila Esporte Clube seguiu o mesmo caminho e conquistou o título do regional sub-23; com certeza deverá continuar seguindo sua trajetória de sucesso em 2020.

 

 

Colunas