O stress tem feito parte de sua vida?

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso em 25/04/2020) – Edição 2048

Jaqueline Ap. Mendonça Prado

O que fazer para com o stress, que se faz presente diante das circunstâncias vividas em nosso dia a dia? Segundo a psicóloga, o stress pode ser o responssável por dores de cabeça, pressão alta, insônia, problemas digestivos, problemas de pele e muitas outras desordens. Algumas pessoas podem sentir estes sintomas sem estarem relacionados diretamente ao stress, porém, ao se identificar um alto nível de stress, a primeira coisa a se fazer é ver o que você anda fazendo com sua vida. Damos a nossa vida o que vamos receber dela. É nescessário que seja feita uma avaliação, onde eu verifique como tenho feito as minhas escolhas e o que tem sido prioridade. A busca pelo autoconhecimento pode ajudar a aumentar o nível de tolerância para consigo mesmo e com as  demais pessoas. Ajudando também a diminuir o nível de stress.

Jaqueline também diz que: “Buscar a aprender à colocar-se no lugar do outro é uma grande receita para amenisar mágoas e, até mesmo, a raiva do outro. A tristeza é um choro em determinadas situações e é um atributo da natureza humana que não deve ser evitado. A competição também nos leva muitas vezes ao stress. Competir também faz parte da natureza humana, mas, devemos nos preparar para esse tipo de comportamento e deve ser de forma canalizada. Sendo assim a colocamos em prática apenas em casos de absoluta necessidade e os riscos devem ser bem calculados. Na maior parte das vezes, as pessoas competem sem saberem exatamente por que o fazem. Esses casos apenas contribuem para gerar stress e isso é perda de tempo e de energia, sem nos levar a direção alguma. Fique atento se você não está vitimado pelos pensamentos ansiosos, muito característicos do stress.

Afinal, Stress é antes de tudo o resultado do que pensamos e de como encaramos a vida.

Colunas