O recomeço

(Artigos publicado pelo Jornal CCO impresso em 08/08/2020) – Edição 2063

Marlon Santos

ALÔ, ARCOS! A bola voltou a rolar pelos gramados de alguns estados brasileiros e agora, poderemos realmente conhecer os novos campões estaduais. Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Paraná e Santa Catarina são alguns destes estados em que o futebol voltou com toda a força. Agora, o torcedor tem motivos para novamente ter aquelas tradicionais discussões calorosas sobre a vitória de seu time, ou para culpar alguém pela derrota, algo comum no futebol.  Parece um recomeço que está ensinando lições jamais imaginadas pelo torcedor, pois, os estádios se encontram com suas arquibancadas entregues ao “vento” e sequer conseguimos escutar um sussurro de tristeza ou alegria. Tudo muito estranho, mas tem que ser assim. Agora podemos perceber a falta que o torcedor faz em um estádio, pois o calor humano consegue aquecer a atmosfera do futebol e de qualquer esporte, sem distinção. E assim vamos tentando adaptar ao novo estilo de se envolver com o futebol. A televisão é um aparelho que não consegue aquecer o jogo e, mesmo com o locutor  se envolvendo e  transmitin-do emoção, nada conse-gue substituir o calor humano nas arquiban-cadas. Ficar meses sem futebol foi o suficiente para demonstrar que precisamos de algo para preencher o vazio instalado em nossos corações. Mas  agora, durante esta semana, teremos muitos assuntos referentes aos resultados óbvios e, talvez, surpreendentes do futebol e temos a certeza que, a cada final de semana, algo irá acontecer nos gramados e seremos testemunhas vivas de tudo.

 

Em Arcos e região

Quando nos refe-rimos ao futebol ama-dor, podemos afirmar que sequer sabemos quando ou como serão realizados os jogos em nossa região. Algumas cidades sequer permitem que tenha um treino entre amigos. Já outras cidades, estão admitindo a hipótese de treinamentos, mas, está tudo muito indefinido. O Campeonato Master continua sem data para retornar. O regional sub-23 segue o mesmo caminho, apesar dos organizadores demonstrarem vontade em iniciar o torneio, mas, de-pendem muito das prefeituras para isso.

 

Campeonato Arcoense de Futebol

Já o Campeonato Arcoense de Futebol, que sequer chegou a iniciar, mantem o mesmo ritmo de todas as outras competições, ou seja, sem uma data definida para o início. Acredito que o mês de setembro será decisivo, pois existe uma expectativa de que o torneio será iniciado, devido os atuais dirigentes terem uma proposta para repassar para a atual administração municipal, com relação a um provável recomeço nos nossos gramados. Estaria em pauta: a realização em rodada dupla e com apenas categorias titulares; presença de no máximo quarenta pessoas, entre atletas e demais membros das equipes, dentro do estádio em cada partida; medição da temperatura de todos os envolvidos antes do início do jogo; estádios seguindo rigorosamente as normas da vigilância sanitária; os jogadores que participarem da partida têm que ser natural e residentes em Arcos; entre outros detalhes. Obviamente que tudo que for exposto tem que ser aprovado pelo comitê para que possamos rever a bola rolando em nossos estádios. Mas, será jogos sem a presença de torcedores, ou seja, seguindo o exemplo do território brasileiro? Tudo deve ser definido ainda nesse mês e estaremos atentos ao final desta novela. Quem viver, verá!

 

Atual situação dos campeonatos em Arcos e região:

Copa Master (equipes de Arcos)
Associação, Vila e Social
*Chegaram a iniciar, tiveram as primeiras rodadas da primeira fase e aguardam para retornar ainda neste ano.

Regional Sub-23
Bela Vista de Arcos
*O único representante arcoense que chegou a realizar alguns amistosos preparatórios, porém, espera o início do torneio.

 

Campeonato Arcoense de Futebol

Ypiranga
Associação
Bela Vista
Social
Sociedade
Palmeiras
Santana

*Todas as equipes chegaram a receber a lista de assinatura de jogadores e aguardam um posicionamento dos organizadores, referente à data de início.

Colunas