”O golpe tá aí, cai quem quer”? Novo ”golpe do PIX” chega a Arcos

”O golpe tá aí, cai quem quer”? Novo ”golpe do PIX” chega a Arcos

”O golpe tá aí, cai quem quer”? Novo ”golpe do PIX” chega a Arcos

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso em 09 de outubro de 2021) Edição 2123

Na última segunda-feira, enquanto ouvia o programa “Bate-Papo de Redação” com o jornalista Tadeu Nunes, me surpreendi com o relato de um ouvinte, que disse quase ter sido vítima de um golpe via SMS. Infelizmente, ele não foi o único. Eu mesmo recebi o mesmo SMS no dia anterior e também ouvi relatos de várias outras pessoas que passaram pela mesma situação.

Trata-se de uma nova modalidade do “golpe do PIX” que chegou à nossa cidade e que funciona da seguinte forma: a vítima recebe uma mensagem SMS de um número estranho. O conteúdo da mensagem diz ser um comunicado da Caixa Econômica Federal, a alertando que foi realizado um PIX de um determinado valor para um beneficiário que a vítima nunca viu na vida e, ao final, disponibiliza um link caso ela queira recusar a transação.

Se a vítima clicar no referido link correrá um sério risco de ter seus dados, senhas, aplicativos e demais arquivos pessoais nas mãos dos golpistas, portanto, ao receber esse tipo de SMS simplesmente não clique no referido link e exclua a mensagem do aparelho. Caso exista alguma dúvida a respeito da transação, não se precipite. Se dirija até a sua agência bancária e esclareça a referida situação para evitar eventuais transtornos.

Em julho desse ano, aqui na coluna Direito em Foco, tive a oportunidade de falar um pouco sobre esse tipo de crime que envolve o PIX, contudo, acredito que vale a pena relembrar: a situação acima narrada se enquadra perfeitamente no crime recentemente inserido no Código Penal, chamado Fraude Eletrônica, e que conta com uma pena de reclusão de 04 a 08 anos.

Para concluir, por mais que o PIX seja uma excelente ferramenta à nossa disposição para fins de realização de transações bancárias com mais eficiência e celeridade, devemos redobrar as nossas atenções em todos os sentidos para evitar sermos vítimas desse tipo de conduta criminosa, afinal, como diz aquela famosa música do DJ Guuga: “O golpe tá aí, cai quem quer”.

Dr. Cayo Freitas