Hipoglicemia e os riscos para a saúde

1- O que é?

Corresponde à queda do nível de açúcar no sangue, a glicose. Os sintomas aparecem geralmente quando a glicose no sangue cai em níveis abaixo de 60mg/dl. No entanto, algumas pessoas só vão se sentir mal quando a glicose está abaixo de 40mg/dl. Portanto, é muito variável o nível de hipoglicemia necessário para causar sintomas.

 

2- Quais os sintomas?

Os principais são: tonturas, tremores, palpitações, sudorese, dormências, vista escura e fraqueza. Algumas pessoas se queixam de enxaqueca, náuseas, nervosismo. Nos casos mais graves a hipoglicemia pode levar a desmaios e convulsões. Nas pessoas idosas há o risco de provocarem infarto e derrame.

 

3- Quais são as causas?

Existem desde causas simples até doenças graves, com sérios riscos para a saúde.

Na maioria dos casos, se deve a alimentação desbalanceada ou jejuns prolongados. Ocorre com frequência em pessoas que estão tentando emagrecer às custas de dietas rigorosas ou com atividades físicas excessivas.

Em crianças e adolescentes, há uma necessidade maior de nutrientes devido ao crescimento, e se a dieta não for adequada, podem ocorrer crises de hipoglicemia.

Algumas doenças podem desencadear hipoglicemias, como problemas hormonais, tumores, infecções, alcoolismo, doenças do fígado e dos rins. Várias medicações e estresse prolongado podem predispor a queda dos níveis de açúcar do sangue.

Hipoglicemia é muito comum em pacientes diabéticos que estão tomando doses altas de medicações e se alimentando de forma errada.

 

4- Como se confirma que uma pessoa sofre de hipoglicemia?

A maneira correta é dosar a glicose do sangue no momento em que a pessoa está tendo os sintomas. Várias doenças podem provocar sintomas semelhantes à hipoglicemia. Portanto, o paciente deve passar por um exame médico cuidadoso para se descartar outras doenças e confirmar hipoglicemia.

 

5- Como se trata a hipoglicemia?

Em primeiro lugar deve-se tratar a causa da hipoglicemia. Como dito anteriormente, existem doenças sérias que devem ser afastadas, pois podem comprometer a vida do paciente. Independente da causa, todos os pacientes precisam receber orientação nutricional adequada. Existem medicações que podem prevenir ou reverter as crises de hipoglicemia, mas a alimentação balanceada é parte fundamental do tratamento.

Colunas