Alvorada brilhou entre os anos de 2003 até 2010

(Artigo publicado pelo Jornal CCO impresso em 03/10/2020) – Edição 2071

Marlon Santos

ALÔ, ARCOS! O Alvorada sempre esteve entre as melhores equipes de futebol de campo de Arcos e até mesmo região, mas a equipe teve seu auge nos anos de 2003 e 2010. Conhecida pela ‘coruja’ e tendo uma diretoria competente, o Alvorada surgiu mostrando que realmente tinha uma força fora de campo que chegava a impressionar, e em questão de pouco tempo  já tinha uma legião de torcedores que acompanhavam a equipe e passava toda a força positiva aos seus atletas Não demorou muito e em 2004 a ‘coruja’ quebrou o tabu e conquistava seu primeiro caneco em um campeonato municipal de Arcos, algo que lhe rendeu respeito perante aos adversários. Geraldo Canarinho era quem comandava a equipe fora das quatro linhas e o responsável pela montagem da equipe juntamente com seus amigos de diretoria. O Alvorada se firmou entre os gigantes de nosso futebol, e em 2006 conquistou sua segunda taça de campeão do município de Arcos, e mostrava dentro das quatro linhas um futebol de muita raça e os adversários respeitavam a ‘coruja’ e se tornou um gigante. Em 2008, o vice campeonato foi um prêmio para o Alvorada, pois foi derrotado pelo Associação, no momento em que os alvinegros tinham um escrete praticamente imbatível. No mesmo ano de 2008, o Alvorada eliminou o Ypiranga na semifinal. Infelizmente a ‘coruja’ foi perdendo espaço, e não conseguiu repetir os feitos de outrora, e com o tempo chegou a disputar a segundona do futebol arcoense. Porém, ninguém irá esquecer das conquistas e glórias desse time que deixou eternamente seu nome escrito no futebol de Arcos.

 

Em 2019

Com a realização do Campeonato Arcoense de Futebol, o Alvorada desistiu de disputar o torneio por falta de recursos financeiros, e portanto não tivemos a felicidade de acompanhar a ‘coruja’ dentro das quatro linhas. Os diretores chegaram a cogitar a volta do Alvorada, mas a falta de patrocínio inviabilizou o retorno. Para o próximo ano, existe uma expectativa que novamente a equipe volte a atuar e com a força de alguns abnegados obtenha sucesso, pois trata-se de um dos mais tradicionais escretes de nosso futebol amador e seu retorno engrandeceria a todos envolvidos.

 

Os irmãos Cacá e Dinei

Foram grandes atletas que estiveram presentes na ótima fase do Alvorada, mas dois personagens chamaram a atenção no percurso vitorioso do time. Os irmãos Cacá e Dinei era o retrato vivo de uma equipe unida, afinal eram dois jogadores que encarnavam o espírito competitivo da ‘coruja’. Cacá era um lateral polivalente e defendia e atacava com um vigor físico incrível, também costumava decidir partidas com seus gols. Já Dinei  era o cérebro da equipe, e com a camisa dez ditava o ritmo do meio campo, com passes precisos e uma habilidade ímpar era capaz de decidir um jogo em questão de pouco tempo. Os dois eram a mistura de raça e técnica do Alvorada.

 

Títulos do Alvorada

2004- Campeão Municipal / 2006- Campeão Municipal

 

Social

Na próxima edição iremos relatar a conquista do Social no ano de 2009. Um campeonato que surpreendeu a todos devido aos resultados obtidos pelo Social. Na verdade, o Social entrou no torneio como um grande azarão e aos poucos foi construindo uma campanha que culminou com título. Mas, você terá todos os detalhes na próxima edição deste jornal, e no qual estou relatando a saga do campeonato municipal de Arcos.

 

Análise: Atlético-MG tem números (e bola) de líder, e torcida não deve ter medo de sonhar alto

O Atlético-MG de Jorge Sampaoli segue ampliando ótimos números no Brasileirão. Nesse sábado, venceu o Grêmio, no Mineirão, por 3 a 1 (veja os lances no vídeo acima). Foi a décima vitória seguida do Galo no Gigante da Pampulha, o oitavo triunfo – de 11 possíveis – na Série A. O time é o líder isolado, com 24 pontos e 72,7% de aproveitamento (100% em casa). Tem o melhor ataque e um jogo a menos.

Colunas